Região

Rapaz que matou namorada a facadas é condenado a 18 anos de prisão em Divinópolis

Publicada em 15/09/21 às 09:30h - 111visualizações

por G1


Compartilhe
   

Link da Notícia:

 (Foto: Julgamento foi realizado nesta terça (14) em Divinópolis — Foto: Mariana Milagre/G1)
O rapaz acusado de ter matado a namorada em outubro de 2020, em Divinópolis, foi condenou a 18 anos de reclusão, por crime hediondo. O julgamento terminou por volta de 15h nessa terça-feira (14).

André Vieira Barbosa, de 27 anos, cumprirá a pena em regime fechado, inicialmente, no Presídio Floramar, em Divinópolis. Familiares da vítima acompanharam a sentença que ocorreu por meio de júri popular.

Relembre o crime
Na ocasião do feminicídio, no dia 10 de outubro de 2020, o condenado disse para polícia que tinha discutido com a vítima, Simone Sabino, no dia anterior ao crime. Segundo a Polícia Militar (PM), Simone foi encontrada ferida na Rua Ouro Fino, no Bairro Niterói.

Quando os policiais chegaram ao local, encontraram a equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) realizando o atendimento primário com tentativa de reanimação cardiopulmonar. Contudo, ela não resistiu e morreu. O óbito foi atestado pelo médico do Samu.

A polícia disse também que, não havia testemunhas no local. A perícia da Polícia Civil esteve no local e realizou os trabalhos de rotina. Em seguida, o corpo foi liberado para a funerária do município.

Investigação
Uma semana após o crime, André se apresentou na delegacia com um advogado e confessou ter matado Simone. Na ocasião, a delegada Maria Gorete Rios informou que o rapaz não respondeu às perguntas feitas pela polícia. Também não falou qual foi a motivação do crime.

“Parece que ele havia passado uma mensagem para ela, chamada de telefone. Ele a chamou para conversar em via pública. Ela foi, e lá teve a vida ceifada. Ela levou facadas no pescoço, braço e nuca”, explicou a delegada, na época, ao G1.

Familiares cobraram justiça
Familiares e amigos de Simone se reuniram um mês após o crime para cobrar justiça. Um manifesto com cartazes, faixas e balões brancos foi realizado no mesmo local onde a vítima foi morta no Bairro Niterói.

Vizinhos de Simone, que preferiram não se identificar, disseram na época que ela era uma mulher honesta e trabalhadora.



ATENÇÃO:Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

Deixe seu comentário!

Nome
Email
Comentário


Insira os caracteres no campo abaixo:








Nosso Whatsapp

 (37)991759393

Visitas: 1361477
Usuários Online: 91
Copyright (c) 2021 - 93play